...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Nem há mais palavras para me expressar.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Sufoco


Querem me matar, e eu odeio isso, odeio isso tudo que esta acontecendo. Agora estou sendo obrigada a lutar, minha cabeça esta explodindo e eu não posso ficar simplesmente te esperando, mas também não posso não esperar.
Querem me matar e eu odeio isso, mas nem estou afim de respirar. Há um turbilhão de acontecimentos fazendo tudo desandar. Quero dispersar, parar de pensar. Hoje eu vou morrer só um pouquinho. Espero você chegar.