...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

I want know


Talvez eu seja só mais uma garota do coração quebrado tentando sumir, fugir e fazer tudo diferente.
Mas ainda estou aqui no mesmo lugar...
Ai lá venho eu de novo com a mesma ladainha de que eu preciso de um refugio...
È talvez esteja realmente precisando.


As vezes me deparo com a realidade, abro os olhos e me nego a enchergar as coisas que estão bem debaixo do meu nariz, fecho os olhos na doce ilusão de poder acordar em outro lugar, mas cá estou eu de novo a pensar nas feridas que talvez nunca se curem por eu mesma nao me permitir isso, tentar fugir das coisas sempre, nunca foi solução de nada, mas as vezes eu não consigo pensar em outra alternativa...
covarde... covarde... covarde....
Otimista com os outros pessimista comigo mesmo...
Quebrando alguns sonhos deixando outros pela metade, seria covarde?
Quanta fata de vontade, quanta vontade exacerbada, quantos meios, quantos extremos, ai só me resta sentar e refletir...
Foi de tanto pensar que eu me esquecir de agir....

terça-feira, 8 de junho de 2010

Nostalgico e ficar lendo isso preciso ir dormir! Bai bai


-Estou caindo... segura minha mão?
-Claro ! Por que não?
-Não solte até eu está segura ok?
-Pretendo ser a sua segurança..
-Vc me ama?
-Eu ? eu? gostoo de vc e gosto de ficar com vc... lala conhece essa musica?
-Vc nao me ama....
-Nao se apaixone ok?
-ok...=(
-Hey nao me deixa, hoje descobrir que o que sinto por ti jamais sentir por alguém.
-*-* verdade?
-Nao vivo sem ti!
-Entao vc me ama?
-Meu bem vc tras o mundo aos meus pés...
-Acho melhor terminar
-Mas eu te amo... Nao quero...
-È melhor pra mim e para vc.
-Ok

Silencio, dor x.X

-volta pra mim?
-nao sei..
-nunca corrir atras de ninguem, volta ta doendo sem vc
-Nao sei... nao quero sofrer.
-Pode ter certeza estarei sempre ao seu lado...
-er... er.. Te amo, mas nao sei...
-Nao ligar pra ninguem vem pelo o que vc sente...
-vamos tentar so mais essa vez...


idas e voltas o sentimento intacto, abraços magicos sem explicações...
Dor, sofrimento, dor... dor dor, mas bastou um sorriso para essa dor se dissipar.

-amor sabia que é magico? Nao sinto raiva de vc
-nao consigo sentir raiva tambem nao sei o que
-é bom q não ha magoas...
-amor vc ainda me ama?
-claro amor hj descobrir o quanto eu amo vc.
-nao quero ficar longe de vc
-nem eu amor.
- so a gente entende nosso amor
- ha uma força negativa querendo nos afastar...
- nao importa amor eu amo vc, nao me importa o que vão dizer eu quero so vc ;)
-te amo
-Ashiteru...

sexta-feira, 4 de junho de 2010


Um dia ela simplesmente acorda disposta a se importar com quem importa.
A ama quem de fato a faz bem. A pular no precipicio desse amor sem para quedas, megulhar a fundo nesse mar de doçura e carinho que lhe cercam.

No outro... No outro a mesma certeza o mesmo cheiro a mesma intensidade.
A vontade de fogo de um amor antagonico materializa um relacionamento de energias positivas, de abraços magicos, enterra uma parte do seu passado recente e do nada mumias do seu passado nao tão recente assim reaparecem, mas nada apaga a vontade de fogo que consome esse amor q ela sente agora...

Mas tá tudo como sempre muito confuso. Ela sempre tão humanitaria colocando pessoas na sua frente e ficando para tras.

Já lhe falaram lhe falta amor propio... Ela pensa, pensa e sempre fica em conflito.
Mas o pior nao é ela ficar em conflito e sim pessoas proximas ficarem confusa por causa dela.

Palavras palavras, memorias memorias....

parece q ela tava advinhando...
You don't know You ill NEVER don't know, Nobody don't know.
Im feel.
Im lost.
tenho muito ha escrever aqui...
Mas nao hj. tenho q ir dormir. Dirigir tudo q vem acontecendo entender porque a vida é do jeito que é. Me revoltar um pouco e voltar...
Voltar a tona com meus desabafos e minhas merdas escritas.

"Aqui era um lugar q vc não entrava... nao deixei a porta aberta vc pulou o muro"