...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Acho que...


... Não sei bem o que acho, mas cansei de lutar, de bater na sua porta e só encontrar o eco dos murros dados por mim mesmo, tudo que eu faço volta de novo pra mim, talvez mais forte. Pelo menos as coisas ruins, acho que...
Não sei se conseguirei terminar essa frase de "acho que..." porque na verdade queria poder mudar tudo... Mas acho que...

Sei que a dor não passa, as dores nunca passam, a gente apenas esconde elas, isso quando elas não nos escondem... Nos reunimos todas e botamos em um cesto de solidão... Elas se amenizam e depois, viram feridas cicatrizadas, superadas e ensinamentos, o problema não é racionalizar tudo isso, o problema estar em fazer o coração aceitar, que vamos superar e ficar de boa.

Acho que to desistindo , não é por falta de amor, desistindo assim, também desisto um pouco de mim e morre mais um pedaço meu, um grande pedaço...
Mas seria absurdamente louco, forçar um sentimento resistir e existir no outro.

Acho que preciso ir embora...


P.S: Imagem clichê.... mas eu adoro os clichês.

Nenhum comentário: