...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Pairando


Saudade de quando eu postava todo dia aqui. Oh época boa.Nunca houve essa época Carrego comigo a sensação de que estou pairando sobre tudo, cada pessoa é diferente, é unica isso eu já to cansada de saber, mas eu não consigo me encaixar, não consigo simplesmente acho que estou, sou, sei lá, diferente a todas, de mais. Isso é estranho. A onde quer que eu vá eu me sinto estranha, eu entendo as pessoas sem de fato entender. Sei lá. Me acho diferente e ao mesmo tempo igual. Não quero mudar, mas queria me sentir bem como sou. E eu não me sinto nem bem nem mal. Direto uma música de Pitty fica na minha mente agora, do além. "Eu vou pairando leve leve acima da carne e do metal" Não dá para pairar leve leve com 69,6kg Mas eu vou pairando por ai, sem ter um porto inseguro. Andando por aí e sempre voltando por cá. Desejando nunca chegar, sempre partindo, indo e vindo e parada no mesmo lugar.
Estranho como não me sinto fazer parte de nada disso. Nem tenho um muro para ficar em cima. Observo tudo daqui, do meu lugar, lugar esse que não sei qual é. Relacionamentos amorosos? Hummm o que é isso? sempre um vai amar mais que outro ? a parte que ama mais sempre será a minha? não sei... sei lá. "Quem sabe quanto vai durar?" Por enquanto vou tentando ficar bem.

Nenhum comentário: