...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Loucas palavras


Bom, ontem foi a parada gay aqui da minha cidade e foi muito legal, tirando a certificação que eu tive, de que certas coisas, são somente passageiras mesmo, bebi ontem pacas, andava com essa vontade há muito tempo. Foi tri louco, encontrei vários queridos amigos que não via há um tempo considerável. Fiquei realmente bêbada, mas não o suficiente para não me lembrar do que fiz, sempre lembro, é até divertido, depois viro motivo de piada para mim mesmo.
Meu ego hoje de manhã acordou big, big ego. Ontem foi um dia que eu fui realmente assediada, e assediei também, mesmo porque a vida não para, o tempo não me permite mais ficar por ai chorando e tentando juntar os pedaços do meu coração e certas pessoas não merecem minha atenção. Ahhh eu hoje a tarde estava lendo meu caderno da madrugada, hahaha é super engraçado tem altos contos, cartas de amor que eu nunca entreguei, pow eu li ele hoje para elson, haha ele me incentivou a postar algumas das loucuras aqui, e é isso que PRETENDO fazer nas próximas postagens. Ah eu estou me sentindo como se agora estivesse em uma outra fase da minha vida e vamos que vamos, torcendo para que tudo agora dê certo, porque como eu estava no inicio do ano, estarei agora novamente, pensando positivo sempre, se a vida não acabou não é o fim, não será o fim até que eu perca o sentindo,minha alma se esvair do meu corpo e me colocarem em pó dentro de uma caixa. A vida é agora, hoje. Não tenho tempo a perder chorando por ontem ou temendo o amanhã, vibrations positivas forever.

Nenhum comentário: