...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Falling Again


Até quando eu vou ficar caindo não se sabe...
Fiquei tempo sem vim aqui, passei por emoções boas, passei por dias alegres, fui feliz, estive radiante quando ela voltou apesar de não conseguir demostrar toda a minha felicidade, sou uma pessoa confusa isso é inconstestavel, mas quando me disponibilizo ao amor eu me dou por inteira a isso. Gosto gostavanãosesabe de romantismo ser romantica, de dar e receber carinho, tava tentando ser uma pessoa legal, e achava que nunca mais eu ia sentir tamanha dor. Agora enfiaram uma estaca no meu peito Talvez eu mesma tenha enfiado o caso é que não consigo de maneira alguma retirar-la... Doi tudo. Mas mesmo andando em queda livre algo eu aprendir ha muito tempo atrás: De amor ninguém morre isso não é uma verdade absoluta como toda regra ha excessão mas a teoria sempre é mais facil do que na pratica, então o sofrimento absurdo da dor da separação é algo inenarrável.
Se me perguntam como eu to eu só consigo pensar em 3 palavras : Foda, Foda, Foda... naoqueeuváresponderisso Enfim minhas ideias andam confusa e eu ando muito triste com tudo isso, ainda bem que eu ainda tenho o colo de minha mãe para poder chorar lá.
Eu sou um fracasso de gente porque optei, queria ter mais força de vontade, no momento eu me odeio, me odeio com todas as forças e queria sumir da face terrestre, alguem sabe como se faz isso? Alguém pode me ajudar com isso?
Queria que você estivesse lá quando eu finalmente parasse de cair e me aparasse. =(

Estou começando a achar que amor é coisa de adolescente, paixões que a gente sente. Amor de contos de fadas e novela nao existem. Parece que a vida é assim ou vc ama e não é correspondido ou acontecem coisas para separar, ou a gente é amado e não corresponde!
What the hell! Amor reciproco nao exite? que foda !
Vou tratar de cuidar de mim e endurecer essa porcaria de coração mole!

3 comentários:

charlotte cerise. disse...

nós nunca, NUNCA, nunca sabemos bem o que fazer nessas situações. chorar? se lamentar pq deveria ter feito isso ou aquilo de outra forma? (daí, quase sempre nos culpar depois), sei lá, tentar encarar de frente até onde conseguirmos? não sei. é difícil. e por mais que você já tenha "a experiência", nunca é da mesma forma, a dor nunca é igual. doi no mesmo lugar, mas com intensidades diferentes. mas, o que se pode fazer? essas são as situações que não podemos enfrentar sozinhos. o jeito é "encher o saco" de algum amigo mesmo. o resto, só o tempo pra dar jeito, né verdade? é sim.

mas, ó. to aqui. pode encher meu saco. rs
bisous.

Jacimile disse...

^^ è bom saber que vc existe para que eu nunca deixe seu saco se esvair! hehe Cê sabe que também deve encher o meu neh?

Andréa Rabaça disse...

enche o meu tbm HUEHUSHEHS a gansa xD