...

Palavras despejadas, as vezes sem o menor nexo aparente, com um sentido um tanto ausente.Um blog de uma pessoa romântica, mas um tanto fria, de uma pessoa sedenta da sua companhia.

sábado, 2 de janeiro de 2010

:s


Tento afastar as pessoas de mim, para evitar sofrimentos, tento ser forte, mas acabo sofrendo e sendo fraca. Quero uma ataraxia, quero o nirvana, quero sentir o climax, quero o auge. Quero a felicidade. Quero a prosperidade. Quero amor. Ninguém vive só, ninguém vive de ilusão. Eu as vezes me vejo solitaria no futuro, já faz algum tempo que mim via assim, mas hoje pensei o quanto é triste você não ter compania. Erm quando se tem compania a gente percebe o quanto é complexo o convivio. Mas também não quero qualquer amor. bah você dando validade para as coisas me encomoda, me deixa inquieta. Erm Ja estraguei tudo como sempre. Tenho que realmente manter a cabeça no lugar e parar de ser tão sentimental, as vezes a necessidade de um amoroudoseuamor é so isso, falta de razão e dominio da emoção.

Nenhum comentário: